Dicas para melhorar a qualidade do ar interno

A qualidade do ar interno é importante para a saúde quem mora no ambiente e até mesmo para todo o meio ambiente.

Dicas para melhorar a qualidade do ar interno

Abaixo estão algumas dicas gerais para manter a boa qualidade do ar interno em residências. A estratégia mais eficaz para reduzir a poluição do ar de interiores é eliminar ou reduzir as fontes de contaminantes.

A ventilação eficaz também é importante, pois aumenta a quantidade de ar limpo que entra dentro do ambiente, remove os poluentes e ajuda a reduzir o acúmulo de umidade excessiva. Algumas dicas importantes incluem:

Minimize poluentes químicos

  • Evite fumar dentro de casa. A fumaça do tabaco contém milhares de poluentes internos em altas concentrações.
  • Escolha produtos com baixa emissão de VOCs (Composto Orgânico Volátil). Essa é uma informação difícil de ser encontrada em qualquer produto, já que é um fator que não prestamos muita atenção no Brasil. Porém, em tintas já é possível encontrar essa certificação. Desconfie das alegações do fabricante de “sem VOC”, “natural” ou “alternativa”.
  • Minimize o uso de produtos de limpeza agressivos, produtos de limpeza à base de solvente ou limpadores com fragrâncias fortes.
  • Certas atividades, como decapagem, soldagem residencial ou colagem, pintura, lixamento e polimento de pedras, podem criar altos níveis de poluição e devem ser realizadas externamente.
  • Controle o o escape de fumaça do carro e de outros aparelhos. Não deixe carros, cortadores de grama ou outros motores funcionando na garagem ou qualquer ambiente fechado.

Mantenha tudo limpo

  • Sempre limpe a roupa de cama após pouco tempo de uso. Lave travesseiros, lençóis e edredons semanalmente para reduzir a exposição a alérgenos, incluindo ácaros.
  • Considere a possibilidade de remover os sapatos da porta para minimizar a poeira e a sujeira trazida do exterior.
  • Coloque tapetes em todas as entradas para sua casa.
  • Use aspiradores de ar com alta eficiência de partículas e com sacos descartáveis e panos de microfibra para remoção de poeira da superfície.

Controle de umidade

  • Mantenha a umidade baixa deixando a casa seca. Controle os níveis de umidade relativa para menos de 60%, usando desumidificadores ou condicionadores de ar, se necessário. Limpe umidificadores com frequência.
  • Repare todos os vazamentos imediatamente.
  • Se houve uma inundação ou danos causados pela água, tome medidas imediatas e remova a água e os materiais molhados. Seque todos os materiais porosos e móveis dentro de 48 horas. Se o mofo crescer em materiais porosos, como paredes de gesso, telhas do teto ou madeira, descarte o material e faça a substituição necessária.
  • Ligue exaustores de banheiro durante o banho, caso você tenha esse sistema instalado.
  • As plantas da casa podem melhorar a qualidade do ar interno filtrando o dióxido de carbono; no entanto, se forem excessivamente regadas, podem estimular o crescimento de fungos.

Garanta Ventilação Adequada

  • Abra portas e janelas sempre que possível para melhorar a ventilação do ambiente. No entanto, tenha em mente que os alérgenos podem estar no ar livre durante as estações da primavera e outono.
  • Alguns purificadores de ar adicionais, como sistemas eletrostáticos ou geradores de íons, podem ser uma excelente opção para garantir a qualidade do ar interno. NADA
  • Certifique-se de que os fornos de queima de combustível, lareiras, aquecedores, exaustores e outros aparelhos sejam ventilados para o exterior, bem longe das janelas e do ar-condicionado.

Confira também: Principais razões para defeito no ar-condicionado